Acadêmica em Ciências Contábeis, na Universidade do Planalto Catarinense - UNIPLAC. Libriana, 17 anos, romântica, chata, carente, não sei sentir pela metade, tudo que eu sinto é intenso demais.
  •  Eu sou uma ótima companhia. Vai, diz pra eles solidão. “

    — Querido John

  • "O interessante é quando você surpreende aquele que um dia duvidou da sua capacidade."
    Brendon Moraes    (via invernizo)

    (Fonte: derr0-tado, via romeuemcrise)

    • 41150
  • "Eles terminam, mas ainda se amam, por vingança ou mera vaidade, ele decide se entregar a primeira que passa pra mostrar o quando aquilo não o afeta, mas o afeta, e nem percebe que está procurando uma história que não convêm pra nenhum dos lados. Ela sente uma certa inveja por saber que ainda sente algo por alguém que parece não se importar com isso, mas agora ele está com outra, e ela finalmente percebe seu coração fora do lugar. Com o tempo acabam se tornando amigos outra vez, e as perguntas são inevitáveis - e aí? se sente feliz agora? - me sinto muito bem - Mas não se sente, imbecil. Vive com a certeza de que deixou pra traz não só um relacionamento, mas a certeza de uma felicidade absoluta. Ele nunca disse a falta que ela faz, a história sempre se conclui com dois idiotas orgulhosos que vivem na saudade, mas não adimitem o quanto precisam um do outro."
    Sean Wilhelm.  (via involuntus)

    (Fonte: seandotcom, via involuntus)

    • 40067
  • "É o seguinte: Eu estou desistindo, beleza? Vou deixar pra lá, tirar o meu da reta e seguir em frente. Isso aqui já me magoou demais. "
    I don’t care… Not more. (via insobria)

    (Fonte: versificar, via insobria)

    • 61048